Que é muito importante escovar os dentes todo mundo sabe, pelo menos quando se trata de humanos.

Mas e nos nossos animais? Por que devemos escovar?

A escovação evita a formação do tártaro, que é uma placa bacteriana que endurece na superfície dos dentes e quando já avançado, pode causar sérios problemas na saúde dele.

Quando o tártaro vai avançando ele pode causar gengivite e doença periodontal, ou seja uma doença na gengiva, e pode causar dificuldade na mastigação.

E, se mais avançado, essas bactérias podem chegar na corrente sanguínea, causando sérios problemas nos rins, fígado e coração, além de doenças mais graves.

E como saber se meu cachorro ou gato está com tártaro?

Vamos lá. Seu pet tem a base dos dentes amarelada, ou até, meio marrom? E o bafo dele está começando a ficar ruim?

Isso pode ser sinal de tártaro!

Mas, pra saber o nível do tártaro, e se ele precisa de uma limpeza, é preciso ir ao seu veterinário de confiança

O veterinário irá realizar uma avaliação clínica para determinar o nível do tártaro e se ele perceber que é necessário a limpeza, ou seja, se já estiver com muita placa acumulada, o veterinário pode pedir  alguns exames 

Ele pode pedir radiografia, ultrassom, eletrocardiograma entre outros, e tudo isso é necessário porque será feita uma anestesia geral no animal para realizar essa limpeza.

Se o veterinário diagnosticar a necessidade de tratamento de tártaro, não se desespere, é um procedimento simples, que não machuca o animal.

A limpeza de tártaro é uma raspagem do dente do animal, como a que nós humanos fazemos, ou deveríamos fazer.

Não exatamente igual, porque a limpeza neles acontece com o animal desacordado, com anestesia geral, mas de qualquer forma é importante. 

Animais idosos e com condições como problemas cardíacos também podem fazer a limpeza de tártaro.

O veterinário terá um cuidado a mais com esse animal e cada caso é um caso.

Após os exames feitos e tudo certo, é marcado o procedimento.

Existe um período de jejum e o veterinário vai te indicar certinho caso precise de mais algum preparo, dependendo da condição do seu pet.

Seu pet pode sair da clínica no mesmo dia do procedimento, meio sonolento, por causa da anestesia, mas passado o efeito, geralmente não há nenhuma reação.

Caso você note algo estranho com o seu pet, fale com o veterinário, e, se necessário, volte com ele na clínica.

É recomendado fazer o procedimento com um veterinário especializado em odontologia animal, principalmente se for o caso de extração de dentes.

Geralmente as clínicas contam com um profissional no quadro de especialidades ou tem algum profissional parceiro pra indicar.

Esse procedimento não costuma ter reações ou complicações, mas reforçamos que cada caso é um caso e sempre é necessário o acompanhamento do profissional que cuida do seu pet. 

É sempre bom você evitar o acúmulo de tártaro, ou seja, de placas bacterianas nos dentes dos seus animais.

Limpeza de tártaro é uma forma de prevenção e se o tártaro não for retirado, com o tempo ele pode ter complicações irreversíveis.

E, como curiosidade, existem ainda alguns produtos no mercado que ajudam na limpeza e no combate ao acúmulo de tártaro, mas sempre fale com o veterinário antes de dar qualquer tipo de ossinho anti tártaro ou o que seja! 

Se quiser saber mais, aproveite para ver o nosso vídeo sobre o assunto:


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *